9 fatos sobre a rinoplastia

18/12/2015 - Notícias

A rinoplastia, ou cirurgia de nariz, é indicada para diferentes fins, que vão desde estética até problemas respiratórios. Saiba dez curiosidades sobre esse procedimento, que podem ajudar na decisão de fazê-lo:

– As cicatrizes desse tipo de cirurgia não são muito evidentes, pois elas ficam em locais escondidos na região. Somente em casos especiais, quando são tratadas as asas nasais, podem haver cicatrizes nos sulcos entre as asas e a face, mas que desaparecem em pouco tempo.

– Antes de realizar o procedimento são necessários exames para checar o estado da saúde em geral. Através de exames de sangue, coração e tomografia computadorizada é possível observar quadros de distúrbios diversos como anemia, infecções, diabetes, gravidez e a boa estrutura do nariz.

– O momento de preparação também envolve, nos 30 dias anteriores, evitar medicamentos anticoagulantes, parar de tomar pílula anticoncepcional, fumar, evitar a prática de esportes, tomar sol e banhos quentes. Além disso, exercícios com contato físico devem passar longe por 2 meses.

– O pós-operatório, apesar de não exigir repouso total, pede que se evite esforços físicos e tomar sol, mas atividades tranquilas do dia a dia são permitidas. Em até 2 meses tudo já volta totalmente ao normal.

– A faixa etária indicada para a cirurgia é entre 18 e 30 anos, não podendo ser realizada antes da puberdade.

– A rinoplastia estruturada corrige desproporções no nariz e o reestrutura, buscando harmonia das formas, naturalidade e funcionalidade. Ela permite mexer nas estruturas de osso, cartilagens e pele.

– Esse procedimento apresenta poucos riscos, tendo entre 1 e 3 horas de duração. As possíveis, porém raras complicações são sangramentos, infecção, dificuldade respiratória, trombose e fibrose.

– A anestesia pode ser local ou geral.

– O pós-operatório consiste no uso de um curativo de acrílico durante 7 dias e outro de fita adesiva pelo mesmo tempo. O inchaço demora um pouco a passar, e para que isso aconteça mais rápido deve-se seguir as mesmas recomendações do pré-operatório de evitar qualquer trauma no nariz.

Fonte: http://www.segs.com.br/saude/59807-10-curiosidades-que-voce-precisa-saber-sobre-cirurgia-de-nariz.html

Compartilhe: